A FLORESTA E SEUS POVOS

 

Cartaz do julgamento do assassinato de Chico Mendes
(Arquivo Comitê de Apoio aos Povos da Floresta SP)

  

Em Dezembro de 1988 o mundo tomou conhecimento do assassinato de Chico Mendes em Xapuri, Acre. Seu crime: defender a Amazônia dos poderes econômicos vinculados à devastação da floresta.

A mais forte reação da sociedade civil brasileira foi a realização do Iº Congresso dos Povos da Floresta e do IIº Congresso Nacional dos Seringueiros, eventos concomitantes realizados em Rio Branco (AC), poucas semanas após o assassinato do líder seringueiro.

A Floresta e seus Povos foi um dos artigos que elaborei a respeito deste tema. O material foi escrito com base em forte experiência presencial, pois representei o Comitê de Apoio aos Povos da Floresta de São Paulo nestes dois eventos.

Segue, pois abaixo a íntegra de A Floresta e seus Povos, artigo primeiramente publicado pelo Jornal A Prima Angélica, dos alunos da FFLCH-USP.

 

 

 

O teor integral do texto publicado pode ser acessado no link abaixo. 
Clique aqui para fazer o download do arquivo em PDF


Joomla Templates by Joomla51.com